terça-feira, 29 de outubro de 2013

Um breve relato sobre o skate nos anos 90-2000 na cidade de Campina Grande.

 A cidade de Campina Grande fica localizada na serra da Borborema, devido a sua altura tem um clima bastante agradável, o skate tem Raízes fortes e a partir do ano de 1992 quando Elias Maradona realizou o primeiro evento nordestino na cidade e entrou no circuito dos eventos de street skate na região nordeste.

Alguns skatistas da modalidade street tiveram destaque no início dos ano 90, Gianni Macedo “Gia”, Célio “Baby”, Alex Muniz, Augusto Pessoa, Fabrício Pimenta “Dudu” e Júnior Araújo “Jr doido”. Esses skatistas sempre estavam fazendo o intercâmbio e representando muito bem o nome da cidade onde passavam, depois vieram uma nova geração, Jason Alexander, João “Rato”, Rafael “Bolão”, Marcelo Barros... Sempre o skate na cidade teve um nível forte e até hoje novos nomes aparecem, José Luiz “Coroné”, Rafael “Pepeta”, Jones Pereira, Sidney Niebert “Tota”, Bruno, Yure Daivison e o mais conhecido atualmente pelo forte nível técnico, Pedro Victor.
A primeira pista pública da cidade foi o Half Pipe do Parque da Criança no ano de 1992, sempre o skate foi levando na raça e o principal pico era a Pirâmide do Parque do Povo, grande referência para todas as gerações.
A praça Redonda se tornou no ano 2000 como novo pico e os skatistas ficavam divididos entre o PP e a Redonda, depois de alguns anos a Praça se tornou o principal local de prática de skate da cidade.
Outro pico na cidade que tem destaque é o canal das Malvinas, uma galera guerreira também de atitude se uniram para criar um espaço adequado onde os skatistas daquela região se reúnem e evoluem a cada sessão.
Depois de conseguir conquistar um espaço no cenário regional e com muita luta o skatista Jason Alexander se tornou o primeiro skatista profissional do Estado, afirmando o nome da cidade por onde passava, mesmo sem ter uma pista para treinar o skatista venceu os obstáculos e acreditou que poderia seguir sua carreira, e  só no ano de 2008 foi inaugurada a primeira pista de street do Estado na Vila Olímpica Plínio Lemos.

Hoje o skate campinense retorna para o Parque do Povo, com uma nova expectativa, com um novo olhar, mas, sempre com a mesma garra, desde de sua inauguração a Kéfren Skateshop tem apoiado a prática no PP sedendo obstáculos para os skatistas mandarem suas manobras e assim a chama do skate campinense se manter mais forte do que nunca, munido de uma renovação, com uma nova garotada quem vem por ai...

Fotos:
Rafael Bolão, Crooked na Pirâmide
Marcelo Barros, Fs Flip no Parque da Criança
Rafael Pepeta, Bs Board no Meninão
Júnior Doido, Ollie Parque da Criança
Estrela, Bs Grind Parque da Criança
Coroné, Nollie Hellflip na Praça Redoda.